Cubículo SM6: solução compacta e segura para distribuição de média tensão


Publicado em 25/04/2016Segmento: Notícias


Cubículo SM6: solução compacta e segura para distribuição de média tensão

Isolado à gás, produto possui vida útil de 30 anos e mecanismos modernos para a proteção de seus operadores.

A cada dia novas soluções mais completas e modernas chegam à Engenharia no Brasil. Com presença mundial no mercado industrial e construção civil, os cubículos de média tensão SF6 (até 36kV) são umas das tendências nacionais no setor elétrico apresentando-se como um recurso de alto custo-benefício.

Estes produtos possuem componentes isolados a gás hexafluoreto de enxofre (SF6), sendo portanto mais compactos e com maior vida útil.

Segundo o Engenheiro Eletricista Fábio Amaral, diretor da Engerey Painéis Elétricos, o mercado está optando progressivamente por esta solução, devido às suas vantagens. "Os cubículos de MT SF6 podem necessitar de um maior investimento inicial, mas que é rapidamente recuperado. O produto dura em média 30 anos e sua manutenção é reduzida. Sem contar que o produto é compacto", explica Amaral.

A Engerey Painéis Elétricos mantém parceria com a Schneider Electric e customiza em sua fábrica localizada em Curitiba (PR) cubículos de média tensão isolados a gás SF6 intitulados SM6 (Schneider Média Tensão Sexta evolução). O produto oferece os benefícios do pioneirismo da marca neste segmento e a vantagem de ser o único homologado em todas as concessionárias brasileiras de energia, como COPEL e LIGHT.

Entre as principais vantagens das células SM6 estão: a modularidade, que permite a fácil ampliação de suas instalações, maior segurança aos operadores, manutenção diminuída e facilidade na instalação. Atendem às recomendações das normas nacionais e internacionais, inclusive a ISO 14.001: pois é composto por materiais facilmente separáveis para reciclagem.

 

SOBRE OS CUBÍCULOS SM6

 

Os cubículos SM6 também proporcionam maior segurança de seus operadores, através de mecanismos seguros que seguem a norma IEC 62271-200. Contém: sinalização do status da seccionadora,  interruptor de 3 posições para impedir manobras indevidas, chave de terra com pleno poder de fechamento, dispositivo antirreflexo, indicador de presença de tensão nos cabos, invólucro compartimentado, interrupção positiva dos indicadores de posição, resistência ao arco interno nos compartimentos de cabos e aparelhagem por meio de sistemas de exaustão que limitem a sobrepressão nos compartimentos.

A aparelhagem do SM6 é perfeitamente adequada para aplicações de telecontrole motorizado, seja durante a sua instalação ou para adaptação futura.

Possuem gamas Sepam de proteção, controle e comando para a operação de máquinas e redes de distribuição elétrica em instalações industriais e subestações em todos os níveis de tensão. Ela consiste em soluções completas, simples e confiáveis, adequadas às quatro famílias: Sepam série 10, Sepam série 20, Sepam série 40 e Sepam série 80.

Os cubículos SM6 passam por controles rigorosos e sistemáticos para garantir a qualidade e conformidade. Eles seguem também a ISO 14001, possuindo uma abordagem ambientalmente amigável, principalmente na reciclagem de produtos. Os materiais utilizados: condutores e isoladores, são identificáveis e facilmente separáveis. Ao fim de sua vida útil, o SM6 pode ser processado, reciclado e seus materiais recuperados conforme as regulamentações europeias relativas aos produtos eletroeletrônicos, e, especialmente, sem liberação de gases na atmosfera ou quaisquer líquidos poluentes.

 

Saiba Mais: www.engerey.com.br/paineis-eletricos/sm6-schneider

 

 

Notícias relacionadas:

Cubículos blindados de média tensão: www.engerey.com.br/blog/engerey-passa-a-produzir-cubiculos-de-media-tensao-em-2016

 

 


enviar por e-mail